sexta-feira, 30 de agosto de 2013

ALERTA - “CIENTISTAS QUESTIONAM TESTES EM ANIMAIS“

(Cientistas descobriram que não somos ratos)

Descobertas festivas, fracassos discretos
Qualquer um que acompanha notícias de ciência já leu histórias entusiasmadas de descobertas médicas que incluem o aviso padrão que os resultados foram obtidos em camundongos e podem não funcionar para seres humanos.
Muito tempo depois, pode haver relatos de que uma droga foi abandonada porque os ensaios clínicos mostraram efeitos colaterais imprevistos em humanos.
Dado o tempo decorrido entre as duas notícias, a maioria dos leitores provavelmente não associa o sucesso inicial e a falha posterior.
Mas Igor Efimov, engenheiro biomédico da Universidade de Washington (EUA), que estuda os mecanismos biofísicos e fisiológicos que sustentam distúrbios cardíacos, tem plena consciência do fracasso das inicialmente promissoras drogas em passarem por testes clínicos.
Você é um homem ou um camundongo?
"O problema é que a diferença na expressão genética entre o camundongo e o homem é muito, muito grande", diz Efimov.
Os camundongos são o modelo animal mais popular na pesquisa cardiovascular, em parte porque é fácil e barato criar um camundongo transgênico. E esses camundongos permitem que as questões científicas sejam feitas e respondidas com precisão e rapidez.
Mas, em um artigo na edição de agosto do Journal of Molecular and Cellular Cardiology, Efimov e seu colega Colin G. Nichols demonstram de forma límpida a importância de trabalhar com corações humanos na pesquisa de novos medicamentos.
Ele se fundamenta em estudos, feitos em corações humanos, de duas drogas que já haviam sido estudadas no coração de camundongos.
Os resultados mostraram que um fármaco que parecia promissor no modelo animal do camundongo não funciona em humanos.
"Nós fomos capazes de demonstrar isso sem as despesas de ensaios clínicos e sem colocar pacientes em risco", diz Efimov.
Cientistas questionam pesquisas com animais para tratar doenças do coração
Estes mapas atriais de corações que estão falhando mostra a resposta sem drogas (esquerda), à droga diazoxide (meio) e pinacidil (direita). O que funcionou no coração dos camundongos não funcionou no coração humano. [Imagem: Igor Efimov lab/WUSTL]
O canal iônico KATP
O coração é uma bomba eletromecânica, e a contração normal do músculo cardíaco depende de uma atividade elétrica normal.
A atividade elétrica no coração reflete, em última análise, a abertura e o fechamento coordenados de canais de íons nas membranas superficiais das células do músculo cardíaco.
Canais iônicos são proteínas que controlam a passagem de átomos eletricamente carregados, os chamados íons, para dentro e para fora das células.
As correntes que fluem através do coração a cada batida dependem da abertura e do fechamento orquestrados de canais específicos para os íons de sódio, potássio e cálcio.
Acredita-se que mutações genéticas que afetam a função dos canais iônicos estejam por trás de muitas formas de doenças cardíacas.
Efimov e Nichols vêm estudando um canal iônico conhecido como canal KATP. O KATP é um canal de potássio que é sensível à presença da ATP, a molécula que o corpo usa para armazenar energia.
O canal KATP é um alvo simultaneamente tentador e perigoso para a terapia medicamentosa.
Quando há uma obstrução na artéria coronária, o principal vaso que leva sangue para o músculo cardíaco, esse canal abre-se imediatamente. Ao abrir, explica Efimov, o canal parece proteger o coração da falta de oxigênio.
Por outro lado, a ativação do canal pode matar o paciente ao reduzir de forma dramática o potencial de ação, os impulsos elétricos que disparam a contração do músculo cardíaco. Essa diminuição gera o aparecimento da arritmia, ou a perda do ritmo cardíaco normal.
O coração do camundongo
O canal KATP pode ter uma de duas subunidades regulatórias que são sensíveis à presença da ATP. Essas subunidades são chamadas SUR1 e SUR2, uma referência a receptor de sulfonilureia 1 e 2 (Sulfonyl-Urea Receptor).
Em um artigo publicado em janeiro de 2010, Nichols e Efimov relatam que, nos camundongos, o gene SUR1 é expresso apenas nos átrios, mas não nos ventrículos. O SUR2, por outro lado, é expresso somente nos ventrículos, mas não nos átrios.
"Isto é realmente notável," acentua Efimov, "porque existem medicamentos muito bons que são específicos para SUR1 ou para SUR2. Isto significa que, se os dados do camundongo se traduzissem para os seres humanos, seria possível desenvolver uma droga que iria funcionar somente nos átrios, sem afetar os ventrículos."
"A falta de especificidade é um problema enorme com outras drogas," explica ele. "Se você quiser tratar a fibrilação atrial, você precisa de um medicamento que funcione apenas nos átrios e não afete os ventrículos. Se você tratar com um medicamento que tenha alguns alvos nos ventrículos, você vai tratar a fibrilação atrial, mas você vai matar por fibrilação ventricular."
A fibrilação é a contração caótica, ou não sincronizada, do músculo cardíaco. A fibrilação ventricular provoca a morte cardíaca súbita porque o coração não bombeia mais sangue de forma eficaz, e o sangue não chega ao cérebro. A fibrilação atrial é menos letal, mas coloca os pacientes em maior risco de derrame e morte cardíaca súbita.
Cientistas questionam pesquisas com animais para tratar doenças do coração
O efeito dos medicamentos foi diferente conforme a área do coração - o problema é que o efeito foi invertido ou não funcionou no coração humano. [Imagem: Igor Efimov lab/WUSTL]
O coração humano
Depois dos estudos nos camundongos, Efimov e Nichols queriam saber se os resultados se manteriam para o coração humano.
Para descobrir, os cientistas repetiram o mesmo estudo em corações humanos.
Eles extirparam um pedaço de coração que incluía tanto tecido atrial quanto tecido ventricular, colocaram-no em uma solução para manter o tecido funcionando e o trataram com duas drogas, uma específica para a variante SUR1 do canal de íons de potássio e o outro específico para a variante SUR2.
A fim de registrar os efeitos das drogas, eles banharam o tecido cardíaco com corantes sensíveis à tensão elétrica. Os corantes ligam-se à membrana das células cardíacas e, quando iluminados com uma lâmpada de arco, fluorescem com uma intensidade diretamente proporcional à tensão transmembrana.
A duração do potencial de ação (o parâmetro fisiologicamente importante) pode ser calculada a partir da mudança nestas intensidades ao longo do tempo.
Efimov conta o resultado do experimento: "No coração humano [a droga] não funciona. A droga SUR1 nem mesmo funciona nos átrios, mas afeta os ventrículos; é o oposto do que acontece nos camundongos. A droga SUR2 afetou tanto o átrio quanto os ventrículos, e encurtou tanto os potenciais de ação nos ventrículos que poderia causar arritmias fatais em pessoas."
Um paradigma melhor
Efimov vê os resultados como indicativo de um problema maior com a pesquisa cardiovascular, que tem bloqueado o desenvolvimento de terapias eficazes por muitos anos.
A abordagem atual para estudar a arritmia e muitas outras doenças remonta a um protocolo de três passos criado pelo cientista alemão Rudolf Virchow, conta Efimov.
O primeiro passo é identificar os sinais clínicos e os sintomas da doença; o segundo é recriar esses sintomas e identificar uma terapia em um modelo animal; e o terceiro avalia a segurança e a eficácia da terapia em ensaios clínicos - em humanos.
"O problema é que, pelo menos no campo da arritmia cardíaca, este paradigma tem tido muito poucos sucessos," diz Efimov. "Ele não resultou na descoberta de quase nenhuma droga bem-sucedida. Ensaios clínicos após ensaios clínicos têm terminado em fracasso."
Tirando o atraso
Os camundongos são o modelo animal mais popular na fisiologia, mas o camundongo não é um modelo muito bom para a fisiologia cardíaca.
"O coração de um camundongo bate cerca de 600 vezes por minuto, de forma que você pode imaginar que ele é um pouco diferente dos humanos, cujos corações batem em média 72 vezes por minuto," diz Efimov.
"Você pode fazer em um camundongo uma mutação do gene que se acredita causar a insuficiência cardíaca em humanos e você não terá a mesma doença, porque o camundongo é muito diferente," diz Efimov. "Então, infelizmente, mesmo com a ajuda de camundongos transgênicos, muito poucos resultados passaram do modelo animal para a clínica."
A resposta, diz Efimov, é inserir um passo adicional no protocolo de pesquisa de três etapas: depois que uma terapia for testada em um modelo animal, ela deve ser testada em corações humanos antes de passar para ensaios clínicos.
"Como já começamos a trabalhar com corações humanos", diz ele, "estamos finalmente começando a recuperar o atraso com a fisiologia animal," conclui.

(www.diariodasaude.com.br)

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

SAÚDE - " DE A à Z : FRUTAS, LEGUMES E VERDURAS QUE TE DEVOLVEM A QUALIDADE DE VIDA "



Um cardápio balanceado e rico em frutas, legumes e verduras evita doenças que são causadas por falta de nutrientes e previnem outras que podem atingir o coração, além de combater a obesidade. As folhas de verduras contém clorofila, e essa substância limpa e oxigena o sangue. As folhas verdes de cor escura são abundantes em ácido fólico, cálcio, fósforo e ferro.

Incluir esses alimentos no cardápio do dia a dia garante saúde, energia e vitalidade!

A seguir algumas frutas, legumes e vegetais e os benefícios e vitaminas que eles nos oferecem :


• Abacate – Ótima fonte de energia. Possui alto valor calórico, repleta de vitamina E. Perfeita para tratar os cabelos e importante no desenvolvimento dos músculos e crescimento.

• Abacaxi – Fonte de fibras. Contribui para o bom funcionamento do intestino, fornece vitamina C, que ajuda na defesa do organismo.

• Abobrinha – Rica em ácido fólico e magnésio, ótima para o sistema nervoso, possui vitaminas do complexo B.

• Abóbora – Por possuir betacaroteno, sempre que o organismo necessitar, o transformará em vitamina A. Outra grande virtude é ter fibras em grande quantidade, o que facilita o bom funcionamento do intestino.

• Açaí – Fruta cheia de energia. Possui grande quantidade de gordura, nutriente que fornece muitas calorias. Conta também com grande quantidade de cálcio.

• Agrião – Além de fornecer vitamina C, é fonte de cálcio e potássio, importante para o bom desenvolvimento de ossos e músculos. Por conter fibras ainda facilita o funcionamento do intestino.

• Água de coco – Por ser doce, agrada o paladar de qualquer pessoa, ajuda a hidratar o organismo de forma muito eficiente, por conter boa quantidade de sódio que equilibra os líquidos do corpo. Oferece também potássio, ótimo para os músculos.

• Alface – Oferece potássio, bom para os músculos, cálcio para ossos e dentes, vitamina C para o sistema imunológico e fibras para que o intestino funcione perfeitamente.

• Ameixa – Ótima fonte de fibras que ajudam o intestino a funcionar bem, possui vitamina C para que o sistema imunológico seja perfeito e previna infecções.

• Banana – Possui muitas vitaminas, fibras e minerais, importante para o bom funcionamento do organismo, além de evitar câimbras em atletas.

• Batata – Alimento rico em carboidratos, é fonte de energia para todas as idades, fornece também vitamina C. Batata doce é rica em vitamina A.

• Berinjela – É uma ótima fonte de fibras, boa para o intestino, possui grande quantidade de magnésio, sódio, fósforo e potássio, esse vegetal tem de tudo um pouco e é perfeito para quem deseja uma saúde intacta.

• Beterraba – Por possuir pectina (fibra que ajuda a regularizar o intestino), é ótima para quem tem o intestino preguiçoso. Vitamina C e A também estão presentes neste legume precioso, o cálcio contido também ajuda no desenvolvimento e proteção dos ossos e dentes.

• Brócolis – Ótimo para o desenvolvimento da criança, rico em vitamina C e ferro, tem também proteína e cálcio.

• Caju – Aliado na luta contra infecções, possibilita que o sistema imunológico se fortaleça e funcione adequadamente.

• Cenoura – Possui grande quantidade de betacaroteno, substância fundamental para que o sistema imunológico funcione bem, este vegetal é também ótimo para os olhos e pele.

• Couve flor – Rico em fibras e vitamina C, ajuda na prevenção de gripes, resfriados e outras infecções.

• Couve manteiga – Rica em minerais como o enxofre, que explica o forte cheiro quando é cozida, ótima para os pulmões, pois ajuda na expectoração.

• Ervilha – Aliada do crescimento saudável de qualquer criança. Traz também ferro e vitamina B1, esta leguminosa estimula o apetite e oferece cor ao prato.

• Espinafre – Famoso por ser o alimento preferido do Popeye, torna forte e cheio de saúde aquele que o consome, rico em potássio e vitaminas A e C. Possui também ferro e cálcio, ótimo para não correr risco de contrair anemias.

• Framboesa – Cheia de potássio, perfeita para os músculos ficarem fortes e funcionarem adequadamente. Famosa por ter vitamina C e combater resfriados e outras infecções.

• Figo – Aliada na boa manutenção de músculos e ossos, por possuir muito cálcio e potássio. Rico em mineral e ferro, que combatem a anemia e também possui vitamina C para reforçar a defesa do organismo.

• Goiaba – Ótima para os olhos e para fortalecer o sistema de defesa do corpo, possui também cálcio e regulariza o intestino, pois contêm fibras.

• Inhame – Rico em carboidratos, Fornece mais energia que a batata, possui doses de fósforo e cálcio, que garantem ossos fortes.

• Jabuticaba – Fornece fósforo, que protege o esqueleto, também é fonte de vitamina C, e por isso ajuda a afastar doenças que poderiam se instalar no organismo.

• Kiwi – Muita vitamina C, que garante a defesa do organismo contra doenças oportunistas, contém fibras que ajudam a regular o intestino, e também garante músculos fortes por conter grande teor de potássio.

• Limão – Talvez a melhor fonte de vitamina C, que combate gripes facilmente, contêm também potássio, bom para os músculos.

• Laranja – Assim como o limão, a laranja possui muita vitamina C, tomar um copo de suco por dia ajuda a evitar gripes e outras infecções, possui também potássio que é ótimo para os músculos, fornece também muita energia. Para as crianças, a laranja lima é mais indicada.

• Maçã – Ótima contra diarreias por conter pectina, porém deve ser evitada se houver caso de prisão de ventre. Lavar bem antes de consumir para retirar todo o resto de agrotóxico que estiver na casca.

• Mamão – Importante fonte de fibras, auxilia o intestino em seu trabalho. Fornece também vitamina C, importante para prevenir infecções.

• Mandioquinha – É uma raiz ótima no fornecimento de fósforo, importante para os ossos, possui vitamina B1, boa para o cérebro, além de muito saborosa.

• Manga – Ao contrário do que se diz, a manga não é pesada, ela garante sim, boa animação, por conter betacaroteno que se transforma em vitamina A. Possui também vitamina C, fósforo, zinco e muito potássio. Por conter Frutose, é muito saborosa e doce. É preciso consumir a manga bem madura, para evitar a acidez.

• Maracujá – Por conter muita vitamina C, é muito benéfica na prevenção de doenças, possui também vitamina A, ótima para o cabelo e ossos. Além de outras substâncias importantes como cálcio, ferro, fósforo e complexo B, também possui moléculas tranqüilizantes.

• Melancia – Transmite alto astral e saúde de montão! É também fonte de hidratação, possui 90% de água em sua composição, muito saudável e deve ser consumida sem medo, principalmente no calor, pois equilibra os líquidos do corpo, além de auxiliar o desenvolvimento dos músculos.

• Melão – Assim como o mamão, o melão também é fonte de vitamina A, nutriente essencial para crianças, beneficia a visão, dentre outras coisas.

• Milho – Por ser rico em carboidratos, o milho é uma fonte de energia rápida, os grãos servem como fonte de vitamina A e C, e das integrantes do complexo B. Deve ser bem cozido, para evitar dores no ventre.

• Morango – Ótima fonte de vitamina C, prevenindo infecções, possui potássio, magnésio e fósforo, minerais essenciais na dieta do ser humano. Também é um ótimo afrodisíaco, muito apreciado pelos apaixonados.

• Nectarina – A fruta ajuda no fortalecimento dos músculos, os responsáveis por isso são o potássio e o magnésio. Possui também a vitamina A, essencial para o funcionamento do sistema imunológico e para a proteção dos olhos.

• Ovo – Estimula a concentração e ajuda na produção de neurônios. Contém zinco, selênio, ferro, sódio, potássio, vitaminas A e E e as do complexo B, além das proteínas, muitas proteínas!

• Pêra – Ajuda na absorção de nutrientes pelas células, além de melhorar o desenvolvimento dos músculos e desenvolvimento dos ossos, também é uma ótima fonte de energia e boa contra prisões de ventre. Rica em fósforo e magnésio.

• Pêssego – Perfeito para a formação de ossos e dentes, também protege e fortalece o sistema imunológico, rico em vitamina C e contêm fibras que ajudam o intestino a funcionar bem.

• Pimentão – Aliada das cicatrizações e do sistema imunológico, conta com o betacaroteno, que se transforma em vitamina A, ótima para os olhos e pele.

• Repolho – Possui proteínas, cálcio, minerais, potássio, magnésio e fibras. Ótimo para o sistema imunológico, bom para os olhos e a pele. Geralmente as crianças não aceitam bem, por isso recomenda-se, cozinhar e picar em sopas.

• Rúcula – É uma reguladora do intestino, boa para os músculos e protetoras do esqueleto.

• Salsão – Rico em nutrientes, pode ser usado como temperos.

• Tangerina – Também conhecida como bergamota ou mexerica, é uma excelente fornecedora de vitaminas, ótima para fortalecer o sistema imunológico, também é fonte de potássio, importante para o funcionamento muscular.

• Tomate – Não importa a maneira que é preparado, ele nunca perde seu valor nutricional, além de acrescentar sabor e cor aos pratos. Fonte de magnésio, fósforo, vitaminas A e C, etc.

• Umeboshi – É uma ameixa japonesa salgada e ácida, que estimula o apetite e a digestão. Por conter substâncias antibióticas, é considerada uma fruta antisséptica, que destrói os germes da disenteria instantaneamente e age sobre as bactérias da tuberculose. Os chineses dizem que ela é milagrosa e cura até dor de cabeça, gases, mau hálito, gripe, calos, cortes, cansaço, etc.

• Uva – Uma grande fonte de energia, possui grande quantidade de carboidratos, oferecem mais disposição e ajuda no crescimento. Boa também para o funcionamento da tiroide.

• Vagem – Contribui para o bom funcionamento do intestino e protege o sistema imunológico. Ajuda no desenvolvimento da criança, é também fonte de vitamina A, que protege olhos e pele !

(Fonte : http://www.silvashortifruti.com.br/)

SAÚDE - "SETE FRUTAS PARA TE DEIXAR MAIS CALMA"

Minerais, vitaminas, triftofano, serotonina, fibras, ácido fólico e mais...


0

Laranja

Fonte de vitamina C, auxilia no bom funcionamento do sistema nervoso. É um ótimo relaxante muscular e ajuda a combater o estresse.

Abacate

Fornece ao corpo gorduras saudáveis, que elevam os níveis de serotonina, estimulando a felicidade e o bom-humor.

Banana

Rica em carboidratos, potássio e magnésio, diminui a ansiedade e garante um sono tranquilo.

Jabuticaba

Suas vitaminas do complexo B agem como antidepressivos naturais. Seus carboidratos fornecem energia.

Melancia

A fruta tem uma dose considerável da energizante vitamina B. Ela mantém o corpo no ritmo certo, além de refrescar imediatamente após o seu consumo.

Uva

Tem boas doses de vitaminas do complexo B, que ajudam no funcionamento do sistema nervoso e retardam o envelhecimento da pele.

Pêssego

Rico em aminoácido triptofano. Essa substância é convertida em serotonina pelo organismo, melhorando o sono e o humor.

(Fonte: mdemulher)

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

CIÊNCIA - "A RESPIRAÇÃO DA TERRA"


(Pulsação anual das plantas, da terra e do gelo)

Gaia é a Mãe Terra. Elemento primordial e progenitora de Urano (Céu), Ponto (Mar) e Óreas (Montanhas). 
 Estamos mostrando que os gregos não estavam errados ao nomear o nosso planeta como um ser vivo. 
Pelo menos do ponto de vista de John Nelson, gerente de mapeamento da IDV Solutions. 
Para ele, a Terra está respirando (ou pulsando)!
O pesquisador reuniu imagens de vinte satélites e criou algumas das imagens mais interessantes da web: A Breathing Earth. 
Em formato animado, a imagem mostra o ciclo de um ano da Terra e suas mudanças climáticas (como, por exemplo: avanço do gelo no inverno e alteração das vegetações).

Ai está o belo resultado final...você tem dúvidas ainda de que nosso planeta é uma criatura viva ?


quarta-feira, 21 de agosto de 2013

CIÊNCIA - "MAIORIA DOS ÁTOMOS QUE COMPÕEM OS SERES HUMANOS FOI PRODUZIDA EM ESTRELAS"


(Desligamos nosso GPS com o Universo)

Em 1929, o astrônomo Harlow Shapley, da Universidade Harvard, afirmou: "Nós, seres orgânicos que nos descrevemos como humanos, somos feitos da mesma matéria que as estrelas".

Foi uma observação surpreendente, considerando que, na época, ninguém nem sequer sabia o que fazia as estrelas brilharem.

Trinta anos ainda se passariam até Geoffrey e Margaret Burbidge, William Fowler e Fred Hoyle, em artigo que se tornaria clássico, demonstrarem que os átomos que nos compõem não apenas são os mesmos que os das estrelas: a maioria deles foi, na verdade, produzida em estrelas. 

Começando pelos primordiais hidrogênio e hélio, elementos mais densos como ferro, oxigênio, carbono e nitrogênio foram gerados numa série de reações termonucleares e então espalhados pelo espaço quando essas estrelas morreram e explodiram como supernovas, num frenesi termonuclear final.

Notícias divulgadas recentemente me lembraram disso. Uma delas envolvia escaravelhos, que, aparentemente, orientam-se pela luz da Via Láctea.

A outra foi o anúncio de que astrônomos identificaram a origem da existência do ouro no Universo em um cataclismo conhecido como explosão de raios gama.

Edo Berger, do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica, no Massachusetts, disse que a explosão pode ter criado uma quantidade de ouro equivalente à massa de 20 Luas da Terra.

As próprias estrelas de nêutrons são frutos de cataclismos: explosões de supernovas que podem espremer o espaço para fora de átomos e comprimir uma massa maior que o Sol numa bola de 32 quilômetros de diâmetro.

Berger sugeriu que, de fato, é possível que todo o ouro do universo tenha sido produzido por colisões entre estrelas de nêutrons.

Isso nos traz de volta ao escaravelho, o humilde rola-bosta.

Esses seres, que vivem das fezes de animais maiores, têm um problema. A partir do momento em que um escaravelho encontrou esterco e rolou um pouco para formar uma bola, ele precisa tirar a bola do local, rolando-a em linha reta para longe da pilha de esterco, senão outros escaravelhos virão roubá-la.

Como os besouros fazem isso, mesmo em noites sem luar, têm sido um mistério.

Em janeiro, uma equipe de pesquisadores suecos e sul-africanos revelou que os escaravelhos coprófagos africanos podem usar a Via Láctea para se orientar.

Os pesquisadores descobriram que, quando eram colocados pequenos "chapéus" nos escaravelhos, impedindo-os de enxergar o céu, ou quando nuvens ocultavam as estrelas, os escaravelhos andavam a esmo.

Mas eles não se desviam do caminho em noites estreladas.

Seria difícil imaginar uma conexão entre o microscópico e o macroscópico e entre o espaço interno e o sideral mais bela que essa ou que tão bem induz um sentimento de humildade.

Os antigos egípcios consideravam os escaravelhos sagrados por sua capacidade de gerar vida a partir de dejetos.

O escaravelho era símbolo da renovação eterna e da vida que nasce da morte.

Os egípcios usavam representações de escaravelhos como amuletos.

Em um dos símbolos máximos de reciclagem, alguns desses amuletos eram feitos de ouro.


DENNIS OVERBYE
DO "NEW YORK TIMES"

sábado, 17 de agosto de 2013

SAÚDE - "ÁGUA DE COCO : SÓ BENEFÍCIOS "


Nutritiva, a água de coco tem poder antioxidante e pode auxiliar na hidratação corporal. Veja as dicas da nutricionista Ana Carolina Bragança.
COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL
São em média 40 calorias a cada 200 ml. É é composta basicamente por água (93%) e açúcares (5%), além de conter sais minerais e vitaminas. Os principais minerais encontrados são sódio, potássio, cálcio, magnésio, manganês, zinco e ferro. Vitaminas do complexo B (B1, B2 e B5) e vitamina C. As quantidades podem variar de acordo com o processo de maturação do coco, assim como a qualidade do solo e quem o coqueiro foi cultivado.
OITO BENEFÍCIOS DA ÁGUA DE COCO
1 - Tem poder antioxidante, atuando contra a ação dos radicais livres ou seja, na prevenção do envelhecimento precoce e aparecimento de doenças em geral.
2 - Possui capacidade diurética corporal, diminuindo inchaço
3 - Contém baixas calorias
4 - Mantem a hidratação corporal
5 - Auxilia na digestão
6 - Promove o funcionamento intestinal- usado como soro natural em casos de diarreia
7 - Melhora do sistema imunológico (defesas do organismo)
8 - Melhora a ressaca após ingestão excessiva de bebidas alcoólicas
NÃO ENGORDA
A água de coco não engorda e, por promover diminuição do inchaço corporal, pode até contribuir com uma aparência corporal mais enxuta. Porém, como a bebida contém calorias, é bom não exagerar nas quantidades, pois todo alimento ou bebida consumidos em excesso pode comprometer a dieta.
PRÁTICA DE EXERCÍCIO FÍSICO
Sim, para praticantes de atividade física, durante ou após o exercício, ela atua mantendo a hidratação corporal, principalmente em dias quentes, atuando como repositora de eletrólitos (minerais) perdidos pela transpiração, prevenindo caibras e, consequentemente, melhorando o desempenho físico. Essa reposição de minerais é mais eficiente do que a água normal.
QUANTIDADE RECOMENDADA
Vai depender da pessoa, do valor calórico total da dieta e se o indivíduo faz ou não atividade física, mas costumo recomendar 200 ml ao dia.
É sempre bom lembrar que, em casos de diabetes, hipertensão e doença renal, seu consumo deve ser controlado e sempre orientado pelo nutricionista ou médico.
FRUTA X CAIXINHA
No processo de industrialização das marcas mais conhecidas, há pouca perda nutricional. Os minerais permanecem e pode haver uma perda de vitamina C (que é mais sensível). Há também o acréscimo de conservantes.