sexta-feira, 14 de maio de 2010

FÍSICA QUÂNTICA - "AUTO CURA, VOCÊ PODE !"

(Genética Divina, cure-se à si mesmo)

O primeiro passo na sua cura é a vontade de se curar. É de fundamental importância, colocarmos em ação o nosso próprio poder de cura.

A natureza humana é provida de mecanismos muito sensíveis, eficientes e eficazes no combate a todos os tipos de moléstias, desde o resfriado comum até o câncer.

Nós todos, independentemente de crença ou religião, somos capazes de nos curar. A dificuldade é que nem todos conseguem colocar em ação tais mecanismos de cura.

Está cientificamente comprovado que é o nosso subconsciente que controla este poder. O subconsciente esta localizado em uma parte do cérebro, na substância cinzenta do lobo frontal em uma região de difícil acesso para muitas pessoas. A dificuldade de acesso depende da maior ou menor quantidade de neurônios de interconexão funcionantes. Esses neurônios são elos de ligação entre o consciente-subconsciente e o subconsciente-representação do órgão doente.

Todos nós possuímos os neurônios de interconexão, porém, eles necessitam de ativação ou de estimulação para se tornarem funcionantes.

Até hoje não se conseguiu estimular os neurônios de interconexão por meio de medicamentos, porém, descobriu-se algo muito interessante: é que a maneira de colocá-los em funcionamento depende unicamente de nós mesmos, de nossos sentimentos mais humanos.

Existem sentimentos que facilitam a nossa entrada no subconsciente (estimulam os neurônios de interconexão) e sentimentos que dificultam a nossa entrada (inibem os neurônios de interconexão).

A não - localidade quantica explica isto de outra forma : nossa mente cria a matéria, renova, modifica e cura !
Isto quer dizer, que o subconsciente de cada um de nós pode trabalhar a nosso favor ou contra nós. Alimentá-lo com pensamentos negativos como o medo, o ódio, a derrota, a tristeza, os sentimentos exagerados de culpa, os complexos de inferioridade, a inveja, a vingança, a ingratidão, etc., levam o indivíduo à doença ou dificultam a sua cura. Os pensamentos ruins e negativos preenchem o subconsciente e não permitem que ele funcione bem.

É fácil fazer o subconsciente trabalhar a nosso favor. Primeiramente precisamos limpar a casa, mandar embora os sentimentos e pensamentos ruins. Depois, aos poucos, vamos plantando os pensamentos construtivos, vamos cultivando uma boa imagem pessoal, vamos nos relacionando melhor com as pessoas seja no âmbito profissional, social ou familiar ; vamos aprendendo a ter mais confiança em nós mesmos, a pensar na alegria, no amor, na felicidade e na saúde .

Qual é o principal sentimento que permite a nossa entrada no subconsciente e coloca em ação os poderosos mecanismos que vão nos curar ?

A resposta é: o desejo de se curar, a firme determinação de se curar. Sim é isso mesmo, é o desejo e a firme vontade de ter saúde e de se curar.

Para isso, nós precisamos: 1° gostar de nós mesmos.

2° crer sinceramente que merecemos a cura.

Ora, isto é perfeitamente possível, basta que realmente nos respeitemos como pessoa:

1° - Todos os pensamentos e atos corretos que praticamos, nos fazem ser respeitados perante nós mesmos.

2° - Todos os pensamentos e atos incorretos que praticamos nos desrespeitam como pessoa, perante nosso próprio julgamento.

Não se trata aqui de ser bom ou mau, mas de ser honesto e correto, primeiro consigo mesmo e segundo com as outras pessoas.

ALGUMAS MANEIRAS DE NOS RESPEITARMOS COMO PESSOA

1° - Seja escandalosamente honesto consigo mesmo e com os outros.

2° - Não nutra sentimentos de ódio ou de vingança.

Tais sentimentos provocam ansiedade, inquietude e perda inútil de energia. Se for possível perdoar as pessoas alvo destes sentimentos muito que bem, senão afaste-se delas, ou simplesmente ignore-as deixando ao destino a função de julgá-las ou condená-las.

3° - Fique de bem consigo mesmo.

Nós precisamos ficar de bem com nós mesmos, encontrarmos um equilíbrio dentro de nós, aceitando como parte da vida, as glórias e os fracassos, os momentos bons e os momentos ruins, eliminando os sentimentos exagerados tanto de superioridade como de inferioridade.

4° - Não sinta medo.

Nós estamos neste mundo para viver e sermos felizes. Para isto dispomos de toda nossa inteligência, firmeza e perseverança. É só arregaçarmos as mangas e irmos em frente. Nós devemos compreender que conseguiremos tudo aquilo que quisermos, sendo necessário tão somente, querermos. Siga o lema : “ Eu quero logo eu consigo”.

5° - Não pense que está sendo castigado.

Até do ponto de vista religioso este pensamento não tem sentido ou lógica. Sempre é tempo de consertar os erros ou deslizes, sejam materiais, sejam morais. Lembre-se que a perfeição não é apanágio dos seres humanos.

6° - Elimine o sentimento exagerado de auto crítica.

Nós todos somos passíveis de errar e realmente erramos muitas vezes em nossas vidas, sendo nossa obrigação reconhecer e consertar o que fizemos de errado. Entretanto, somente isto não basta, nós precisamos reconhecer as nossas limitações e perdoar a nós mesmos. Quero dizer, a auto crítica é importante, porém, não podemos exagerar .

7° - Acabe com as mágoas mal resolvidas.

Procure conversar com as pessoas mais experientes e com a própria pessoa razão da mágoa, para compreender melhor o que está se passando, tentando assim resolver tais questões. Procure eliminar um a um, todos os problemas pendentes.

Esta forma que acabamos de descrever para atingirmos o nosso subconsciente e assim ativar o nosso poder de cura é uma das coisas mais lindas que o ser humano é dotado: o amor. O amor próprio combinado com o amor aos nossos semelhantes.

Não cabe aqui descrevermos os inúmeros casos de cura ocorridos através dos tempos pelas pessoas que acreditaram que poderiam se curar, importa é você saber que a natureza humana é dotada deste poder fortíssimo de cura, pois se assim não fosse a raça humana já não existiria, teria sucumbido aos poucos recursos da medicina de outrora.

Pois bem, o que acabamos de expor, você pode fazer por você mesmo: é a essência da sua própria existência que está te pedindo isto .

“Para o médico, deixar de aprender é omitir socorro; para o paciente, deixar de amar é omitir a sua própria cura , porque o amor é a força mais poderosa do mundo”

2 comentários:

  1. Essa leitura foi o meu primeiro contato com a cura quântica. Achei o texto de uma simplicidade apaixonante. De certa forma bate com as "verdades" que tenho no meu interior.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Realmente hoje percebo que quanto mais perdôo e evito raiva e rancores as coisas melhoraram bastante.E o que não posso ou não consigo mudar me afasto, me purificando- me com energias boas e positivas, exemplo: se alguém me chama de preto ou negro feio, saio de perto e me distancio, pois sei que não vou virar branco e muito menos bonito.então pra que brigar ou processar?

    ResponderExcluir